Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Seja Bem Vindo!

www.portofolha.com

é uma página focada na história e evolução de Porto da Folha.


  

Brasil acorda sábado com um grande líder: Fernando Haddad  . . . .


Barroso refundou a república. Agora ela é bananeira   ....


Lula: quero pedir de coração a todos que votariam em mim que votem em Fernando Haddad  . . . .


 →"Estão tentando apagar e desfazer os avanços que Lula conseguiu", diz Nobel da Paz ....


Dodge pede arquivamento de inquérito contra Aécio  . . . .


Mercado brasileiro joga a toalha e começa o assédio a Fernando Haddad  ...


G1 em cada 4 brasileiros terá mais de 65 anos em 2060, aponta IBGE . . . .


Mídia Global retrata Lula como alvo de perseguição e favorito nas eleições .... 


ONU irá comunicar Brasil por violar tratados internacionais contra Lula . . .


Nobel da Paz diz a Cármen Lúcia que LULA é um preso político  . . . .


Gilberto Gil: 'quem defende LULA LIVRE não está só' ....


Suspeito de chefiar a morte do Capitão Oliveira é morto em confronto com a polícia em Maceió. . . .


Como jogar na loteria da Caixa pela internet  ....


Cope localiza mais um envolvido na morte do Capitão Oliveira ....


Resultado do Golpe: Uma avalanche de imóveis confiscados pelos bancos ....

 


 

 

 

 

 

 

 

 

Fernando Haddad, O único capaz de dar uma basta no menosprezo por que passa o povo brasileiro hoje.

 


Representantes de cinco blocos parlamentares da Europa e da América Latina divulgaram, nesta quarta-feira (19), em Viena, uma declaração conjunta na qual denunciam a "grave crise democrática" pela qual passa o Brasil "desde o golpe cometido contra a presidenta Dilma Rousseff" e condenam "a perseguição judicial, política e midiática e as campanhas de criminalização que sofrem distintos líderes progressistas", com menção direta aos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Rafael Correa, do Equador, além da senadora e ex-presidente argentina Cristina Kirchner.

A capital austríaca sedia desde segunda-feira (17) e até esta quinta-feira (20) a reunião da Assembleia Parlamentar Euro-Latino Americana (EuroLat), que tem encontros periódicos a cada semestre, com as sedes alternando entre cidades latino-americanas e europeias.

Na declaração também é manifestada "solidariedade com o povo brasileiro", que é exortado a responder nas eleições de outubro ao "risco de regresso à ditadura e às políticas neoliberais em curso".

O comunicado possui 25 pontos e trata de inúmeros temas e de contextos locais em vários países. O documento conclui que "em toda América Latina, no Caribe e na Europa, devemos estimular a mais ampla e sólida unidade, colaboração e cooperação das forças de esquerda".

Assinam a declaração parlamentares de nove países e cinco blocos que representam todos os países-membros do Parlamento Europeu e dos diversos parlamentos regionais da América Latina: Parlamento do Mercosul, Parlamento Latino-Americano, Parlamento Centro-Americano e Parlamento Andino.

Fonte: Brasil 247 em 20/09/18.

 EMISSORAS EM DESTAQUE

  Ao vivoAo vivo

Rád Porto Web
Porto da Folha
Ao VivoRád Porto Web Porto da Folha Ao Vivo

Ribeirão Preto SPRibeirão Preto SP Santos SPSantos SP