Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Sua visita ajuda a manter nosso site!

Seja Bem Vindo. 

Sistema Solar

Posted 8/8/2014
 

Astro Rei e seus seguidores

 

O Sol

O Sol é a fonte de energia que domina o sistema solar. Sua força gravitacional mantém os planetas em órbita e sua luz e calor tornam possível a vida na Terra. A Terra dista, em média, aproximadamente 150 milhões de quilômetros do Sol, distância percorrida pela luz em 8 minutos. Todas as demais estrelas estão localizadas em pontos muito mais distantes.

As observações científicas realizadas indicam que o Sol é uma estrela de luminosidade e tamanho médios, e que no céu existem incontáveis estrelas maiores e mais brilhantes, mas para nossa sorte, a luminosidade, tamanho e distância foram exatos para que o nosso planeta desenvolvesse formas de vida como a nossa.

O Sol possui 99,9% da matéria de todo o Sistema Solar. Isso significa que todos os demais astros do Sistema juntos somam apenas 0,1%.

 

Composição do Sol

O Sol é uma enorme esfera de gás incandescente composta essencialmente de hidrogênio e hélio, com um diâmetro de 1,4 milhões de quilômetros. O volume do Sol é tão grande que em seu interior caberiam mais de 1 milhão de planetas do tamanho do nosso. Para igualar seu diâmetro, seria necessário colocar 109 planetas como a Terra um ao lado do outro. No centro da estrela encontra-se o núcleo, cuja temperatura alcança os 15 milhões de graus centígrados e onde ocorre o processo de fusão nuclear por meio do qual o hidrogênio se transforma em hélio. Já na superfície a temperatura do Sol é de cerca de 6.000 graus Celsius.

 
 
É a única estrela do Sistema Solar, uma anã amarela de magnitude absoluta M = 4,8 e temperatura superficial de 5.700K. Sua massa é cerca de 700 vêzes a massa reunida dos demais constituintes do sistema. É o maior astro do Sistema Solar, com um diâmetro de 1.392.000 km, sendo cerca de 1.300.000 maior do que a Terra.
Os modelos astrofísicos permitem concluir que uma
estrela como o Sol deva existir por cerca de 10 bilhões de anos.
A estimativa de sua idade atual nos leva à conclusão
que a metade desse tempo já se passou.